NEWSLETTER

FACEBOOK

Tela

Estou-me a ver a pintar uma tela.

Já tenho  uma paleta

Com cores bem definidas

Poisadas uma a uma com pincéis

Que hei-de procurar com as mãos

Que não tremem  agora.

E já me sinto a traçar linhas

A  projectar ângulos, e tenho

O  quadro feito como imaginado
Tendo como fundo

Muita gente do mundo

E um céu claro que já tinha sol.

Mas ao sol faltava brilho

E as pessoas estavam cinzentas.

E parei e vi que a tela não tinha

As medidas de um pintor

Nem as tintas misturadas

Mudavam de cor

Neste sonho de ânsias

Por mim nunca pintadas.

José Caçapo

Poeta

 

Ilustração de Sabrina Garrasi
ANTERIOR

A Rua Silenciosa

PRÓXIMO

Encontro e desencontro